sexta-feira, maio 02, 2008

1306 - o ano que não acabou

No meu 40.º aniversário a Visão decidiu homenagear-me com a publicação de uma revista sobre o ano em que nasci.
Achei um gesto muito bonito.
O primeiro número saiu, precisamente, no primeiro dia em que acordei com quarenta anos.
Um ano fulcral da história contemporânea, obviamente.

3 Comments:

Blogger manuel marques said...

A revolução segue dentro de momentos.

sexta-feira, maio 02, 2008 7:28:00 da tarde  
Blogger Rosa Oliveira said...

A homenagem que a Visão lhe fez no seu aniversário, não chegou a todo o território nacional.
Infelizmente, não tive o prazer de a folhear, não voou até cá.
Porto Santo, 3 de Maio de 2009

sábado, maio 03, 2008 11:43:00 da tarde  
Blogger Rosa Oliveira said...

2008, obviamente.

sábado, maio 03, 2008 11:43:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio