domingo, abril 27, 2008

1299 - qual o rio que banha guimarães?

Há algum tempo que me apetecia escrever sobre um clube e um treinador. Um clube a preto e branco que tem como símbolo um gajo que nem a própria mãe respeitou. Um treinador conhecido pelo que diz e não pelo que faz (mais um técnico de mind games). Diz Cajuda: - Ah e tal eu nunca me desculpo com arbitragens... Não? A seguir a estas declarações começa uma desestabilização da equipa do Rio Ave através do assédio ao principal jogador da equipa. Fábio (um milhão de euros depois) tem problemas gástricos. No dia 29 de Abril de 2007 o Rio Ave desloca-se a Guimarães com cinco pontos de vantagem, uma vitória permitiria a subida da equipa de Vila do Conde (ficaria com oito pontos de vantagem). Perde três a zero depois de Coentrão ter tido mais um problema gástrico (bílis, provavelmente) tendo a sua expulsão provocado o descalabro da equipa verde e branca e a subida de divisão de Cajuda. Repararam no nome do árbitro? Pedro Proença.

11 Comments:

Anonymous manuel marques said...

Rio dos cinco secos sem resposta.

domingo, abril 27, 2008 8:02:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

É o Rio Ave, camarada.
Mais logo já desenvolvo esta teoria e até digo mais se o Vitória está na Bwin Liga ao clube do bairro de Benfica o deve.
Curiosamente o clube do lado sinistro da segunda circular arrisca-se a não ir à «Champions» graças ao clube que colocou na Bwin à custa do Rio Ave de Vila do Conda

domingo, abril 27, 2008 8:19:00 da tarde  
Anonymous manuel marques said...

fico a aguardar.
Mais uma vez começamos o jogo a perder...

domingo, abril 27, 2008 9:26:00 da tarde  
Anonymous manuel marques said...

Tudo se conjuga.

domingo, abril 27, 2008 10:38:00 da tarde  
Blogger João B. Pico said...

O Sorting já está em 2º lugar e O Marcelo deu uma abada no Pacheco Pereira e nos barrosistas...
A "vichyssoise" serve-se fria...
Evidenciou os pontos fracos de Ferreira Leite: falta discurso de futuro (só tem défice...)e de saber cativar a juventude ( já vinha do tempoo de ministra da Educação, da "geração rasca") e ridicularizou os barrosistas que lhe negrm há 4 anos o apoio a ela para substituir Barroso após a "fuga" deste para Bruxelas...
as bases a verem o Pacheco a dominar na campanha até se passam...
A Santana levantou-lhe a auto stima. Um mestre maquiavélico este Marcelo...

domingo, abril 27, 2008 10:45:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Quando os campeonatos começam os clubes têm zero golos marcados e zero golos sofridos.
A duas jornadas do fim o Vitória Sport Clube (Vitória de Guimarães) continua como começou.
Trinta golos marcados, trinta golos sofridos.
Cajuda julga-se e julgam-no um grande treinador...

domingo, abril 27, 2008 10:49:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Caro Pico,

Não vi/ouvi o comentário de Marcelo.
A ser como diz Marcelo está enganado, o ministro da «geração rasca» foi Couto dos Santos, denominação congeminada por um cineasta, jornalista e ex-peputado do PS Vivente Jorge Silva.
Cf. http://anastericoleonardo.blogspot.com/2005/12/minha-gerao-rasca.html

domingo, abril 27, 2008 10:57:00 da tarde  
Blogger João B. Pico said...

Não foi Marcelo que falou na "geração rasca" fui eu e a expressão foi do Vicente Jorge Silva é verdade, em resultado do baixar das calças à "Senhora ministra" por parte de uns alunos já matulões, no final duma manif...
Couto dos Santos pode dizer-se que foi contemporâneo, pois sucedeu a Manuela... E apaziguou mais a luta estudantil...

domingo, abril 27, 2008 11:09:00 da tarde  
Blogger João B. Pico said...

Mas não se prenda na "geração rasca".
Ou tem a ver com isso e ficou afectado?!
Eu falei foi da "vichyssoise" e da abada do Marcelo ao Pacheco...
E como tem o PSD debaixo de olho...
Agora que mostraram o rabo foi à ministra Manuela isso é um facto indesmetível e foi na sequência disso que o Vicente Jorge Silva falou...
Ainda não tinha chegado ao PS...

domingo, abril 27, 2008 11:13:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Foi Manuela Ferreira Leite que substituiu Couto dos Santos:
«e o não menos famoso episódio levado a cabo por um grupo de estudantes que mostrou o rabo ao ministro Couto dos Santos foram alguns dos momentos que marcaram a contestação estudantil entre 1991 e 1994.»
«A 3 de Dezembro [1993] Couto dos Santos é demitido e Manuela Ferreira Leite, então secretária de Estado do Orçamento, é convidada para a pasta da Educação. Pedro Lynce mantém-se na Secretaria de Estado do Ensino Superior.»
http://www.esec.pt/ae/noticias/read.asp?Id=139
As fontes indicam que o rabo, os rabos foram mostrados ao ministro mas isto carece de uma investigação mais aprofundada.
Investigação essa que não farei.

segunda-feira, abril 28, 2008 12:13:00 da manhã  
Blogger João B. Pico said...

As fontes...
Admito que fosse Manuela a substituir Couto, porque aí tinha algumas dúvidas.
Mas quanto ao comentário do Vicente Jorge Silva sei o contexto em que foi comentado dizendo que a ministra até tinha filhos dessas idades, o que era verdade...
E foi esse o aspecto mais chocante na altura...
Posso estar errado, mas sempre vi essas questões associadas entre si.

segunda-feira, abril 28, 2008 8:11:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio