quarta-feira, outubro 17, 2007

1022 - presunção

Gosto de olhar para trás (refiro-me ao post 8) e pensar que continuo o mesmo.
Ontem o Dr. Miguel Sousa Tavares disse na TVI umas palavras que me tocaram, qualquer coisa como isto: os bloggers são uma cambada de cobardes que acusam anonimamente, a internet é um malefício, uso-a 90% profissionalmente e, apenas, 10% para lazer.
Apelou, ainda, à denúncia [listas publicadas em jornais] fulano tal em tal sítio tem conteúdos pornográficos [dou de barato que o sr. dr. atrás citado queria dizer: conteúdos pedófilos, pois, era esse o tema que estava a ser discutido] no computador.
Há pessoas que usam a palavra: profissionalmente em vão.
Qual será a profissão do senhor atrás referido?
Alvitrador?
Não sei qual o trabalho do senhor [Gente que trabalha,Como um CarpinteiroComo um CamponêsOu como um MineiroGente que faz o trabalhoComo faz amor,Amor verdadeiro] provavelmente, será carpinteiro ou camponês ou assim.
Perguntais:
- e tu, ó estúpido, o que fazes para além de escrever umas larachas?
Para além de escrever larachas tenho um trabalho, com horários, com câmaras que monitorizam a hora a que chego, o segundo em que ligo o computador, o minuto em que frequento o WC, os sites que visito na internet e tal...
Perguntais:
- e gostas?
Gosto, gosto de receber um salário (algo para temperar a vida) no final do mês.
Gosto de me sentir um hospedeiro e não um parasita. [cf.]
As palavras que escrevi até agora (neste post) servem, apenas, de camisa, envoltório.
Não considero os meus posts cobardes mas percebo o que o Dr. Miguel S. Tavares tentou dizer, esta mer** da internet, democratiza as opiniões, qualquer pessoa pode criticar [neste particular estou à vontade há uns anos enviei uma carta registada para este Doutor (para o jonal onde colaborava/colabora) e até hoje aguardo resposta] sem dar a cara.
Este post resulta de um olhar para os dois anteriores, não gosto muito daquilo que escrevi, podem parecer acusações gratuitas, não sou assim, mas julgo que cada um de nós tem de assumir as mer*** que faz ou não.
Gosto que o Sr. Dr. Pedro Santana Lopes escreva no seu blog, detesto que o Dr. pediatra não se assuma.
[post, publicado, inicialmente, em 2007.10.10 , 21H49; alterado em 2007.10.17, 20H05]

4 Comments:

Blogger Rosa said...

E vós, estimado amigo, o que fazeis para além de citar o povo, em jeito de larachas à «posta»?

quarta-feira, outubro 10, 2007 10:40:00 da tarde  
Anonymous MANUEL MARQUES said...

O Sol quando nasce è para todos.

quarta-feira, outubro 17, 2007 8:12:00 da tarde  
Blogger Rosa said...

Estimado amigo, vou mudar as lentes outra vez... quando fiz o comentário anterior, o post, terminava em: «tu, ó estúpido, o que fazes para além de escrever umas larachas?»
Tirando isso, que não interessa nada, vamos ver se o Dr. Santana, continuará a escrever no seu blogue

quarta-feira, outubro 17, 2007 9:22:00 da tarde  
Blogger samuel said...

Amigo. A blogosfera, há que o dizer com toda a frontalidade é também um espaço em que se perde muito tempo...
O Dr. Miguel Sousa Tavares?! Francamente!

quinta-feira, outubro 18, 2007 3:37:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio