quinta-feira, fevereiro 10, 2011

0038/2011 - um clube com o livro como emblema e ricardo como treinador

o fátima é, actualmente, o último da orangina.
no plantel do fátima está um dos melhores médios portugueses da actualidade; andré carvalhas.
o treinador do fátima é na actualidade e actualmente o melhor treinador do mundo e um dos melhores treinadores de futebol de vale do mestre de santa margarida da coutada (remete para uma antiga piada que dizia que maradona era o melhor jogador do mundo e um dos melhores da argentina) por outro lado (e agora é a sério) considero ricardo moura muito melhor treinador que josé mourinho.
desejo ao ricardo toda a felicidade do mundo e acredito que consiga manter o fátima na honra, na orangina se preferirem.
força, pá, felicidades.

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Força amigo. Muitas felicidades, vais conseguir vencer esta como já fizeste nas outras.
Será o teu reconhecimento ao mais alto nivel.
Boa sorte campeão.

Luis Varino

domingo, fevereiro 13, 2011 12:56:00 da tarde  
OpenID nunomiguelgil said...

Boa noite Pedro!

A primeira "batalha" já foi ganha e estou certo que no final da "guerra" o Ricardo não estará entre os derrotados.

NMPG

domingo, fevereiro 13, 2011 9:29:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Só não percebo porque dizem que ele é de Tramagal. Já sãoerros a mais. Talvez seja assim que ele diz. Força Ricardo!

domingo, fevereiro 13, 2011 10:15:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Luís, Nuno e anónimo, obrigado pelos vossos comentários, o Ricardo merece todo o apoio que lhe possamos dar.
Repararam que falei no André Carvalhas num «post» escrito na noite de quarta-feira (meia-noite e tal) e no domingo, pimba, o André marca três golos, percebo muito de futebol, eh, eh, eh.
O Ricardo é natural de Tramagal, tal como eu sou natural de Abrantes, na altura era considerado o local onde se era dado à luz e não havia opção de escolha; a título de exemplo a maioria dos lisboetas são naturais de São Sebastião da Pedreira (é a freguesia onde se situa a maternidade Alfredo da Costa).
Porquê Tramagal?
Muitos meninos e meninas da geração do Ricardo nasceram em Tramagal, serviços médicos e Metalúrgica Duarte Ferreira, em tempos as empresas preocupavam-se com os operários.

segunda-feira, fevereiro 14, 2011 10:51:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio