sexta-feira, janeiro 01, 2010

2/2010 - filho da mentira

Lie = mentira.
Son = filho.
Liedson, para alguns treinadores, é indigno de envergar aquela camisola.
É filho de gente humilde e pobre, teve de trabalhar num supermercado para sobreviver.
Não espatifa ferraris nem se agarra a mamas de silicone.
Liedson espalha determinação e talento, agarra-se ao sonho de ser campeão mundial na selecção que fez questão de representar.
Uma coisa é nascermos portugueses, outra é, querermos ser portugueses... sentirmos orgulho por lutar por um país onde não nascemos.
Vamos ao prometido... para não tornar esta análise demasiado pesada, peguei em dois jogadores:
- Cristiano Ronaldo
- Liedson
Os dois participaram no mesmo número de jogos, seis cada.
Jogaram juntos em dois, um empate com a Dinamarca [1-1] (golo de Liedson que entrou aos 46 min. ) e uma vitória na Hungria.
Nos quatro jogos que jogou sem Liedson, Cristiano somou 6 pontos e não marcou nenhum golo (destes 6, 3 correspondem a uma vitória sobre a Albânia [1-2]).
Nos quatro jogos que jogou sem Cristiano, Liedson somou 12 pontos... marcou um golo.
Matematicamente, a selecção com Cristiano (sem Liedson) tem 50% de eficácia; com Liedson (sem Cristiano) tem 100% de eficácia.
O que os números nos dizem é que sem Cristiano e com Liedson a selecção venceu todos os jogos.
(espero que o Teinador comente mas sem conversas laterais, com uma análise fria dos números, sem triângulos, nem losangos... nem tretas).
fontes & alambiques
1. sem cristiano; sem liedson http://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472491 - malta x portugal
3. com cristiano; sem liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472497 - suécia x portugal
6. com cristiano; sem liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472506 - albânia x portugal
7. com cristiano; com liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472509 - dinamarca x portugal
8. com cristiano; com liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472513 – hungria x portugal
2. sem cristiano; sem liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472493 – portugal x dinamarca
4. com cristiano; sem liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472498 – portugal x albânia
10. sem cristiano; com liedsonhttp://www.zerozero.pt/jogo.php?id=472518 – portugal x malta
12. sem cristiano; com liedsonhttp://www.tvi24.iol.pt/desporto/raul-meireles-portugal-seleccao-mundial-futebol-queiroz/1104203-4062.html - bósnia x portugal

Acrescentado em 2010.01.01 pelas 16h00

Para que não restem duvidas em relação ao que está escrito no post (e devido a um mal entendido, ver caixa de comentários) a minha primeira intenção era contabilizar só os jogos que Cristiano tinha terminado em campo comparando com os jogos que foram necessários disputar para garantir o apuramento para a África do Sul, só depois é que pensei em fazer a comparação com Liedson.
Vamos esquecer essa ideia inicial e vamos contabilizar participações de Cristiano, participou em 7 jogos tendo a selecção obtido 13 pontos em 21 possíveis.
Liedson participou em 6 tendo a selecção obtido 16 pontos em 18 possíveis.
É assim a frieza dos números, ninguém ganha jogos sozinho (dizia um comentador) mas Liedson resolve.
Nos sete jogos em que participou Cristiano marcou zero golos, nos seis jogos em que participou Liedson marcou dois.

10 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Épá voce é mesmo vigaro(desculpe mas nao encontro outro termo)
portugalxhungria sem cristiano, aqui se pode ver a sua honestidade. tenha um resto de noite de insónias porque é o que merecem os vigaros.

o atento

sexta-feira, janeiro 01, 2010 2:37:00 da manhã  
Blogger pedro oliveira said...

Caro O Atento,

Quase, quase tem razão na observação (a prova que não estou de má fé... são os «links», a papinha toda feita).
Este «post» remete para este parágrafo:
«Quanto a uma troca de opiniões com o senhor Teinador ficará para breve mais um post sobre o puto maravilha, talvez elabore uma estatística curiosa, quantos pontos conseguiu a selecção nos jogos que o auto-denominado CR9 acabou a partida no campo e quantos pontos conseguiu nos jogos em que o prodígio já não estava no campo quando as partidas terminaram»
Quando terminou o Portugal x Hungria, Cristiano Ronaldo estava no campo?
Se estava... assumo a minha estupidez, a minha vigarice e que caiam sobre mim todos os fogos do inferno; se não estava... ficar-lhe-ia bem pedir desculpas (não a mim que tenho costas largas e barriga proeminente) mas aos leitores do «blog» a quem o seu precipitado comentário poderá ter induzido em erro...
Reitero os desejos dum excelente 2010... com atenção.

sexta-feira, janeiro 01, 2010 3:01:00 da manhã  
Blogger Rosa Oliveira said...

Podia ser pior, caríssimo
Quero dizer, podia ter entrado em 2010 a discutir... marquises
Foi futebol, não está mal e oferece aqui, realmente, matéria que eu levaria uma vida a assimilar (bastaria querer, claro).

Bom, como hoje é Janeiro e estamos na Primavera da vida, sem borbulhas no rosto (quase!), está um frio de rachar e tal e assim, vim só mimá-lo...
bons natais para 2010 e faça mais «postas» destas, parece um bailado.

Beijinhos

sexta-feira, janeiro 01, 2010 5:16:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro bloguista deixe-se de floreados, mas o que é isso de nao terminar o jogo em campo, jogou não jogou colaborou nao colaborou,ou será que contra a Naval o Liedson não ganhou, é que como o Carvalhal o tirou aos 88 minutos e seguindo o seu raciocinio a conclusao a tirar é essa.

o atento

sexta-feira, janeiro 01, 2010 8:07:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

DEUS É GRANDE E NÃO SE ESQUECE DOS CASTIGOS.(neste caso 2 em 1)

"Luís Figo e Cristiano Ronaldo integram o onze da década, segundo eleição levada a cabo pelo jornal inglês "The Sun".

Os dois portugueses figuram entre outras grandes figuras do futebol europeu, entre os quais o guarda-redes italiano Buffon, o defesa italiano Maldini, o médio francês Zidane e o avançado argentino Messi, só para citar alguns.

A equipa ideal é a seguinte: Buffon (Itália); Cafú (Brasil), Cannavaro (Itália), Puyol (Espanha) e Maldini (Itália); Figo (Portugal), Zidane (França) e Ronaldinho (Brasil); Messi (Argentina), Henry (França) e Cristiano Ronaldo (Portugal)."

Eu avisei não avisei ele(deus) ainda te vai castigar mais, vais ver.
(toma reny que faz bem a azia)

o atento
nota: e que tal um postezito agora, como portuga ficava bem.

sábado, janeiro 02, 2010 6:18:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Caro o atento,

Atente melhor nas leituras que faz.
O jornal «The Sun» é um espécie do «Jornal do Incrível», lembra-se?
O «The Sun» tem menos pessoas com três cabeças e quatro pernas e mais senhoras em roupa interior, mais pessoas sem interior mas a credibilidade é semelhante, pouca, nenhuma.
Então Ronaldo - O Fenómeno - o único futebolista no planeta que foi o melhor do mundo por duas vezes não tem lugar na equipa desse pasquim?
Buffon?
Walter Zenga era na minha um guarda-redes mais completo; isto para não referir dois que passaram pelo futebol português: Michel Preud' Homme e Peter Schmeichel... para mim qualquer um dos três é/foi melhor que Buffon.
O único indiscutível nessa equipa é Maldini.

sábado, janeiro 02, 2010 7:44:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É por comentários destes é que fica provado que o que o move contra o sr. LUIS FIGO e o puto maravilha CR9 É A SUA FALTA DE HONESTIDADE E A SUA MÁ FÉ na apreciação a dois futebolistas apreciados por uma maioria absoluta de treinadores de todo o mundo.
E já agora porque não me respondeu se o LIEDSON GANHOU OU NÃO O JOGO CONTRA A NAVAL.

O ATENTO

domingo, janeiro 03, 2010 1:50:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

E já agora só uma pergunta, o cr9 (O MELHOR JOGADOR DO MUNDO DA EPOCA 2008/2009) nao tem lugar na equipa do ´L´QUIPE, CONVEM-LHE NÃO É.
SEJA COERENTE PAPAGAIO.

O ATENTO

domingo, janeiro 03, 2010 1:57:00 da manhã  
Blogger pedro oliveira said...

Contrao Luís Figo move-ma a falta de carácter dele.
1. Ser jogador do Sporting e andar em negociações com o Benfica
2. O modo como abandonou, o Barcelona desprezando uma cidade e uma região que lhe dera tudo. A altura em que o fez durante o euro 2000 (Bélgica/Holanda) os companheiros concentrados nos jogos e o sr. Figo concentrado em apunhalar pelas costas o Barcelona e em aninhar-se no colinho do Real Madrid.
3. A maneira como se comportou com a selecção. Anunciou que se retiraria em 2004, não disputou os jogos de apuramento para o Mundial 2006 (Alemanha) aceitou ir disputar, apenas, a fase final.
Terminaria a carreira na selecção com a braçadeira de capitão no braço esquerdo e uma derrota 3-1 no bolso direito (frente à Alemanha).
4. A modo como comemorou o golo de Crespo em Alvalade (22.11.2006). Nota: Figo estava sentado no banco e foi o jogador do Inter mais entusiasmado nas comemorações.
Já para não falar nas trapalhadas de ter assinado por dois clubes em Itália logo no princípio da carreira. Melhor amigo de Figo nasses tempos: José Veiga.
Apesar de tudo aquilo que escrevi atrás e tendo em consideração que a década, ainda, não terminou, talvez, repito, talvez Luís Figo mereça de facto constar nessa hipotética equipa tendo em consideração o seu desempenho como jogador, é o que está em causa, não como homem.
Quanto a Cristiniano e a Messi, por exemplo, estão a iniciar a carreira... a década são dez anos, a carreira de Cristiano «a sério» iniciou-se em 2004/2005.
Quanto à questão de Liedson e do jogo com a Naval; não são os jogadores que ganham os jogos, não é o individual é o colectivo. Há jogadores (como Cristiano) que se acham mais importante que a equipa. Messi, por exemplo, fala sempro nos companheiros, no «nós» e não no «eu» ou seja o Sporting ganhou o jogo com a Naval, Liedson fez parte desse colectivo vencedor, logo, também, o ganhou.

Nota final: Podemos trocar opiniões, é disso que se trata: opiniões sem acharmos que o outro é desonesto ou está de má fé, ok?

Abraço

domingo, janeiro 03, 2010 9:41:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Ora ai esta uma resposta objectiva, assim ficamos a saber que jogando bem ou mal, marcando golos ou não, jogando o tempo todo ou não o puto maravilha ajudou Portugal a qualificar-se e tirando essas questões laterais que pessoas como voce promovem (será por inveja?) da falta de humildade do ter a mania que é o melhor (e é! digo eu)do que os outros etc..etc..digo-lhe o comportamento dele é melhor do que o de algumas pessoas que nao tendo a noção do ridiculo passam a vida a autopromoverem-se achando que são melhores do que realmente são.
Pelo menos ele demonstra-o dentro de campo e era bom que quem o critica fosse pelo menos metade daquilo que ele é na sua vida profissional e nas outras actividades que desenvolvem.
Agora despeço-me pois tenho de ir tomar uma ASPIRINA B porque ontem engrossei-me e tou com uma valente dor de cabeça.
(Só espero não ter mijado para a placa no jardim frente ao bar, bom, mas se ja tanta gente inportante o fez porque eide tar eu preocupado.

adeus! boa sesta.

o atento

domingo, janeiro 03, 2010 2:25:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio