quarta-feira, junho 16, 2010

269/2010 - a natureza em constância, podia ser na conchichina



Concurso de fotografia da natureza em Constância, não sei se o mote é este, será semelhante.
Fotografia da natureza... em Constância.
O que difere a natureza de Constância de outra natureza qualquer?
Só serão admitidas a concurso fotografias que tenham sido, inequivocamente, obtidas em Constância?
As alcachofras serão diferentes na Conchichina?
(agradeço que algum dos anónimos comentadores, sempre prontos a contestar tudo o que escrevo, me enviem um «link» do tal concurso de fotografia; procurei mas não encontrei. Obrigado)

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

“O que difere a natureza de Constância de outra natureza qualquer?”


Pedro,
Na minha sincera opinião é que aqui -Portela, a natureza não deve ser importante, visto ninguém olhar para a balda e desrespeito por ela.
Vejamos como exemplo :
• Ninguém!!! limpa os seus terrenos
• Ninguém !!! obriga a limpar os terrenos dos outros
• Ninguém !!! cria condições de segurança para eventuais intervenções.
Estarão á espera que a nossa terra um Verão arda, como ardeu Roma???
Toda a gente comenta:
“… se um dia pega fogo no Lombão, vêm por aí acima arde o Enxertal e vai beber uma mini aos cafés…”.
“…se um dia pega fogo na Fonte Ferrada, vêm por aí acima entra dentro da Portela e vai beber uma mini á sociedade…”.
Tentaram, propositadamente, matar a chamada Portela, porque era mais importante valorizar o Picoto, mas já a história diz que existem valores que prevalecem no infinito.
Quem fez o célebre teatro de crítica aos cabelos brancos, hoje já os têm e conseguiu mais do que os criticados.
Portanto, amigo Pedro,como diz o Paulo Portas “estamos num país de ilusionismo”, mas aqui no nosso cantinho “estamos numa terra de cegos”-(volto a insistir no estacionamento nas ruas da nossa terra).
Um abraço e não deixes abandalhar o teu blog que tanto faz a esta terra.
Não entres em pseudo guerras futebolísticas porque já dizia o saudoso Salazar – “dêem-lhe Fátima de semana e ao fim de semana dêem-lhe futebol, para não pensarem…”.

‘Um Portelense de gema®’

quarta-feira, junho 16, 2010 10:51:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

ahhhhh!!!

querias...

quarta-feira, junho 16, 2010 10:54:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Ó Pedro tu também já aqui colocaste "carradas" de vezes fotografias dos gatos que existem pelas ruas de Constância, e qual é a piada disso? Eles serão diferentes dos existentes em outras vilas do nosso país?!

Anocas

quarta-feira, junho 16, 2010 6:47:00 da tarde  
Blogger Rosa Oliveira said...

Este comentário foi removido pelo autor.

quarta-feira, junho 16, 2010 11:43:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio