sexta-feira, julho 02, 2010

285/2010 - empunhando o apito encarnado

Mais logo entrará em campo uma equipa portuguesa... boa sorte.

8 Comments:

Anonymous António Lopes said...

Este post encerra alguma maldade. Queres ver que os sportinguistas acham que o benfica ganhou o campeonato devido ao controlo dos apitos? Não têm mais nada para fazer? Tipo apoiar a equipa leonina e encher o estádio, olhar para dentro e ver as desgraças do SCP, todos os erros, todas as deficiências que tem? O engraçado é que foram tão benevolentes com os corruptos do norte só porque acabavam mais vezes à frente do SLB. Isso é triste. O Pinto da Costa goza com o actual presidente, goza com o Paulinho, vende o POstiga por 5 milhões e os leõezinhos ingénuos ainda lhe prestam vassalagem. A dor de cotovelo, falta de vitórias e incapacidade de ganhar dão a volta ao miolo. Vão lá acima beber vinho do porto mas acabam sempre a vomitar na casa de banho de alvalade. Acho triste. O que diriam os pais do SCP se vissem esta miséria agora? Os viscondes devem andar a pôr demasiada laca no cabelo e andam todos desorientados. Não passam de marionetas tristes do Pinto da Costa.
Viva o SLB, CAMPEÕES NACIONAIS 2009-2010!

sexta-feira, julho 02, 2010 6:32:00 da tarde  
Blogger manuel marques said...

Alguma das equipas equipa de encarnado?
Desejo-lhe sorte ,pois para desgraças já basta assim...

Abraço.

sexta-feira, julho 02, 2010 6:53:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Eu, também,desejo sorte ao Oliverio (repararam?).
Quanto ao primeiro comentador não veja Sporting, Benfica e Porto em tudo.
O árbitro tem um apito encarnado na mão; era só isso...

sexta-feira, julho 02, 2010 8:13:00 da tarde  
Anonymous Zé Castel-Branco, visconde said...

O apito é encarnado porque o Olegário é vaidoso – faz “pandam” com a camisola.

sexta-feira, julho 02, 2010 11:40:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É pá, agora passate de camelo (do deserto, do açude, do... pouco alcance do teu imaginário) a visconde, a evolução aparente é desproporcional, talvez tenhas mudado radicalmente de visual deixando só as bossas. Mas esta nova faceta está mais de acordo com a tua personalidade, é mais IN...!

sábado, julho 03, 2010 12:38:00 da manhã  
Anonymous António Lopes said...

Moutinho no Porto...
Como se o amigo Pinto da Costa, amigo leonino, não andasse há anos a fazer a cabeça do coitadinho do moutinho. Sportinguistas... Amigos como estes é um pesadelo. Aprendam!
Mas já sei o que dirão: a culpa foi do benfica!

segunda-feira, julho 05, 2010 7:39:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Mas qual é o problema de Moutinho ter sido contratado pelo FC Porto, na transferência mais cara de sempre entre clubes portugueses, a aquisição mais cara de sempre do FC Porto?

Dir-me-ão, «Moutinho era o capitão do Sporting»
Recordo dois exemplos:
- João Vieira Pinto, capitão e símbolo do Benfica...
- Fernando Gomes (o bi-bota) capitão e símbolo do Porto... terminou a carreira de leão ao peito

segunda-feira, julho 05, 2010 7:47:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

“Dir-me-ão, «Moutinho era o capitão do Sporting»”?
Não, dir-te-ei:

“João Moutinho nasceu em Portimão no dia 8 de Setembro de 1986.
Começou a jogar nas escolinhas do Portimonense aos 8.
Em 1999, com 13 anos, ingressa no Sporting Clube de Portugal.
(NOTA: A Academia foi inaugurada a 21 de Junho de 2002).
Ascendeu à equipa principal em 2004, com 18 anos, e no final da época ganha o prémio “Jogador Revelação do Campeonato” atribuído pela Liga de Clubes.
Na época seguinte, 2005/2006, com 19 anos, já é titular da equipa e disputa todos os 34 jogos do campeonato.
Com a saída de Sá Pinto, em 2006, Moutinho passa a ser o 3º capitão de equipa, completa 84 jogos consecutivos como titular do Sporting, tem 20 anos.
Em 2007, após as saídas de Custódio, Ricardo e Caneira, ANTES DE FAZER 21 ANOS, TORNA-SE O CAPITÃO DE EQUIPA.
Em 2010, depois de fazer 149 jogos e marcar 17 golos pela equipa principal, tem 11 anos de casa, 3 de capitão, 23 anos de idade, e vai-se…

O João Vieira Pinto nunca foi símbolo do Benfica, era sim apelidado “o menino de ouro”. Não era da formação do Benfica, mas do Boavista que o “comprou” ao Águias da Areosa a troco de bolas e equipamento desportivo. Chegou ao SLB com 21 anos, depois de 3 anos como sénior no Boavista e 1 no Atlético de Madrid. Herdou a braçadeira de capitão de António Veloso em 1995, no ano dos 3 a 6, tinha 24 anos e 3 de Benfica.
Não sei ao certo quando, e por quanto tempo, Fernando Gomes foi capitão do FC Porto (havia o André e o João Pinto), mas sei que se iniciou na equipa principal em 1974, com 18 anos e fez 6 épocas seguidas. Em 1980, com 24 anos vai para o Sporting de Gijón, onde fica 2 anos. Regressa ao FCP em 1982 para mais 7 épocas. Em 1989, com 33 anos transfere-se para o Sporting.”

Achas que são casos semelhantes?

terça-feira, julho 06, 2010 1:58:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio