sábado, fevereiro 13, 2010

58/2010 - nem sempre a bola é redonda


2 Comments:

Blogger manuel marques said...

Eu diria antes que os gajos do "Belém" foram azelhas...

sábado, fevereiro 13, 2010 9:40:00 da tarde  
Blogger pedro oliveira said...

Eu diria que mais uma vez assistimos a uma arbitragem vergonhosa.
A expulsão do guarda-redes do Belenensas não é óbvia.
Fora da área é um jogador normal.
Normalmente uma mão é punida com um cartão amarelo, só quando impede, inequivocamente, um golo deverá ser mostrado o cartão vermelho.
Seria golo?
Cardozo em nove «penalties» falhou três, marcaria golo quase do meio campo?
Havia jogadores do Belenenses que corriam em direcção à baliza...
Uma ou duas jogadas depois o avançado Weldon remata com o braço... «no pasa nada» nem amarelo viu.
O jogo termina de forma caricata, o primeiro classificado que em casa recebia o último; jogando contra dez, acabou o desafio a fazer tempo, com os jogadores benfiquistas a atirarem-se para o chão fingindo-se doentinhos...
Doente, está o futebol na república portuguesa.

sábado, fevereiro 13, 2010 11:02:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio