sábado, agosto 21, 2010

340/2010 - nojenta, a forma como roberto é tratado




Roberto, na minha opinião, merece respeito.
O respeito que é devido a qualquer trabalhador estrangeiro que vem para o nosso país exercer a sua (dele) profissão.
Meus tios foram a salto para França, viveram em bidonsville, ninguém os tinha contratado, foram e «aguentaram» a trabalho que encontraram, foram sempre tratados com dignidade e respeito.
Roberto é um trabalhador qualificado, foi contratado (por Luís Filipe Vieira, Rui Costa e Jesus).
Procura exercer a sua (dele) profissão da melhor forma possível, é vergonhosa a forma como profissionais (os jornalistas) e os adeptos (do Benfica em particular e do fenómeno futebolístico em geral) tratam o profissional espanhol.
A existirem culpados, esses serão quem o contratou... ponto final.

1 Comments:

Blogger manuel marques said...

Por aqui no reino da Bélgica onde lampeões são aos montes ,chego novamente á conclusão que os gajos só são do "Ficabem" quando ganham.
Em relação ao Roberto haja vergonha, coisa que esse clube nunca teve.Pior fizeram ao Sr. Eusébio pois se não fose o União de Tomar passava fome.

segunda-feira, agosto 23, 2010 6:56:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

não é o fim, nem o princípio do fim, é o fim do princípio